Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, e de Lojas de Conveniência, e de Empresas de Lava-Rápido e de Empresas de Estacionamento de Santos e Região – Sindicombustíveis Resan.

CombustíveisFim da gasolina? Projeto incentiva elétricos, mas deveria focar no etanol


A Comissão de Constituição e Justiça do Senado ratificou na calada da noite de quarta (12) o controverso projeto de lei - PLS 304/2017. Ele altera o Código de Trânsito Brasileiro, proibindo a oferta, a partir de 2030, e a circulação, a partir de 2040, de automóveis movidos a gasolina e diesel (...)

FEV 14, 2020

UOL
 

14/02/2020 – A Comissão de Constituição e Justiça – a CCJ – do Senado ratificou na calada da noite de quarta-feira, 12, este controverso projeto de lei, o PLS 304/2017. Ele altera o Código de Trânsito Brasileiro, CTB, proibindo a oferta, a partir de 2030, e a circulação, a partir de 2040, de automóveis movidos com combustíveis fósseis, os populares gasolina e diesel.

De autoria do senador Ciro Nogueira (PP/PI) – proposto em 2017, ainda antes da ofensiva dos híbridos e elétricos no mercado nacional – este texto, que depois da aprovação segue para a Comissão de Meio Ambiente do Senado,não deveria gerar tanto burburinho neste momento, até porque ainda é um projeto de lei e deve sofrer alterações durante a tramitação. Vai enfrentar o lobby da indústria petrolífera e da automotiva, dentre outros agentes interessados. 

Para ler esta notícia, clique aqui.


Comentários

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas