Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, e de Lojas de Conveniência, e de Empresas de Lava-Rápido e de Empresas de Estacionamento de Santos e Região – Sindicombustíveis Resan.

NotíciaAbastecimento de motos - vídeo impressionante!

JUN 9, 2017

Assista ao vídeo e constate os riscos que o abastecimento incorreto de uma motocicleta pode gerar ao condutor, frentista e pessoas próximas.

Prezados associados,

Ao encaminharmos um impressionante vídeo editado pelo Corpo de Bombeiros (veja abaixo), voltamos a um assunto de grande importância e que foi matéria na edição de maio da revista Postos & Serviços. Trata-se do abastecimento de veículos e motos, conforme determina o Manual de Operações Seguras e Ambientalmente Adequadas em Postos de Combustíveis.

Aliás, esse material foi recentemente revisado pelos seus autores (Fecombustíveis, IBP e Sindicom) e se encontra disponível na íntegra para consulta no Portal RESAN – Acesso Rápido – Manual de Operação (www.resan.com.br).

Não é só uma questão de cumprimento da legislação. Mas sim um grande fator de segurança e respeito aos seus clientes, seres humanos, e que não pode ser nunca negligenciado.

Assista ao vídeo e constate os riscos que o abastecimento incorreto de uma motocicleta pode gerar para o condutor, para o frentista, para as pessoas nos arredores e mesmo para seu patrimônio.

PARA VER O VÍDEO, CLIQUE AQUI OU VEJA ABAIXO:

 

Por isso, insistimos em afirmar que o treinamento constante de uma boa equipe de pista é imprescindível. Faça com que os princípios de segurança façam parte da rotina diária de seu estabelecimento e que em todos os treinamentos e reciclagens de seus funcionários esses cuidados sejam padrão de atendimento.

INSISTIMOS: TODOS SEUS FUNCIONARIOS TEM OBRIGAÇÃO DE ASSISTIR ESSE VÍDEO E SABER DE COR A ROTINA DE ABASTECIMENTO DE MOTOCICLETA.

Se seu estabelecimento tem em algum local monitor de TV insira esse vídeo em sua programação.

Se o motociclista for intransigente, tente, de alguma forma, apresentar esse material para que ele também se conscientize. Afinal, ele será a primeira vítima de um eventual incêndio.

A seguir, transcrevemos o texto da legislação que trata do abastecimento de motocicletas, segundo o Manual de Operações citado no início do texto. Essa rotina deverá ser seguida pelo frentista obrigatoriamente.

3.2.2) Abastecimento de Motocicletas, Triciclos ou Similares:

1. Posicionar-se de modo que o motociclista, ao entrar no posto, possa vê-lo.

2. Cumprimentar o motociclista e orientá-lo para posicionar a moto dentro da área demarcada no piso. Caso não haja marcação no piso, a moto deve estar dentro da área coberta pelas canaletas de drenagem oleosa.

3. Solicitar que o motor e qualquer acessório elétrico sejam desligados.

4. Solicitar que o motociclista desça da moto, orientando-o a não fumar e a não fazer uso de aparelhos eletrônicos e celulares.

5. Solicitar ao motociclista que coloque a moto apoiada em seu cavalete central. Caso a mesma só possua o cavalete lateral, este deve ser utilizado. Porém deve ser tomado cuidado com derrames durante o enchimento. Como o tanque está inclinado, o mesmo pode transbordar antes de estar totalmente cheio.

6. Solicitar a abertura do tanque de combustível da moto pelo cliente, ou a sua autorização para abri-lo.

7. Verificar o tipo de combustível com o qual a moto será abastecida.

8. Retirar o bico de abastecimento do descanso da bomba, ligando a mesma.

9. Introduzir o bico de abastecimento no bocal do tanque de combustível, deixando-o apoiado sobre um pano ou flanela. O pano ou a flanela não deve impedir o contato do bico com o bocal do tanque da moto, o que deve ocorrer durante todo o abastecimento. Nunca utilizar funil ou outros recipientes para auxiliar o abastecimento.

10. Acionar o gatilho do bico de abastecimento, iniciando o fluxo de produto com a menor vazão possível da unidade abastecedora.

11. Abastecer vagarosamente e sempre acionando manualmente o gatilho. Nunca posicionar o gatilho do bico para parada automática.

12. Ficar atento ao nível do combustível no interior do tanque, para não causar transbordamento do produto. 

13. Parar o abastecimento quando o volume ou o valor solicitado for atingido. Tenha cuidado de deixar um espaço no tanque para escorrer a sobra de produto que se localiza no interior do bico de abastecimento, evitando o transbordamento de produto do tanque.

14. Parar o abastecimento quando o volume ou o valor solicitado for atingido.

15. Escorrer completamente a sobra de produto do interior do bico de abastecimento para dentro do tanque da moto.

16. Recolher o bico de abastecimento utilizando um pano ou flanela como proteção, evitando que caia combustível na lataria da moto. Coloque o bico de volta no descanso da bomba.

17. Verificar se a mangueira de abastecimento não está torcida ou espalhada pela pista.

18. Aguardar o fechamento da tampa do bocal de abastecimento pelo motociclista ou fechá-lo com a sua autorização.

19. Liberar a moto para saída.


Comentários

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas