Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, e de Lojas de Conveniência, e de Empresas de Lava-Rápido e de Empresas de Estacionamento de Santos e Região – Sindicombustíveis Resan.

SindicalResan garante economia ao associado


Apenas três dos convênios oferecidos pelo Resan garantem a economia necessária para que empresas se mantenham associadas ao sindicato

FEV 8, 2017

Uma homologação judicial por demissão a cada três meses e pelo menos duas defesas administrativas no ano podem gerar a uma empresa despesas com advogado acima de R$ 16 mil, segundo a tabela da Ordem dos Advogados do Brasil em vigor no Estado. Diluídos em 12 meses, os custos representam mais de R$ 1.300 mensais (veja quadro). Sabe quanto o associado ao Sindicombustíveis Resan paga pelos mesmos serviços? Zero.
Postos & Serviços colocou na ponta do lápis os prós e contras de ser associado ao sindicato. Lógico que, em época de crise, cortar despesas é a palavra de ordem e não há como fugir disso. Mas, atenção, para a economia não representar aumento nos custos operacionais ao longo do ano. 
Apenas três dos convênios (coleta de resíduos, cesta básica e vale-refeição) são suficientes para garantir ao revendedor associado um custo mais baixo que cobre o gasto com a mensalidade do sindicato de R$ 355 mensais (para postos de serviços) ou de R$ 4.260 por ano (valor de dezembro). 
Na contrapartida, além de toda a assessoria jurídica, há uma série de convênios e serviços que mais do que justificam o investimento em se manter como sócio do sindicato. 
Para não parecer conversa de vendedor, fizemos a conta e provamos que o revendedor, o dono de loja de conveniência, de lava-rápido, de troca de óleo ou de estacionamento têm muitas vantagens em se manter fiel ao Resan.
 

Advogados
Uma consulta jurídica custa, em média, em Santos R$ 300,00. Para os nossos sócios, as consultas e recursos em processos trabalhistas fazem parte do serviço oferecido sem custos. Os advogados do Departamento Jurídico ainda acompanham o processo durante sua tramitação. 
Há ainda o atendimento jurídico nas áreas ambiental, administrativa e comercial. Faz parte do serviço a elaboração de notificações extrajudiciais para fins de denúncia de contrato de compra e venda mercantil (CVM) e defesa exclusivamente administrativa referente aos autos de infração lavrados pela ANP, Ipem, Ibama, Cetesb e Procon, sendo que eventuais custas relativas ao envio de notificações e protocolos de defesas e/ou recursos administrativos correrão por conta do associado.
A contratação de um advogado para redação de uma simples minuta de contrato de CVM pode custar, no particular, até 2% do seu valor ou, no mínimo, R$ 1.197,33.
Um dos convênios mais vantajosos para o associado do Resan é o da Supply Service, com desconto médio nos contratos de 30%. Com objetivo de adequar o serviço à geração de resíduos do posto, novas categorias foram criadas, com valores e serviços diferenciados.
COLETA MENSAL –  2 LAVAGENS/ANO R$ 329,00 - Inclui 1 coleta por mês dos 4 tambores de 200 litros identificados por tipo de resíduo ou recipientes similares + 2 lavagens por ano das caixas separadoras de água e óleo juntamente com o descarte de até 2.000 litros de resíduos provenientes da lavagem.
COLETA TRIMESTRAL – 01 LAVAGEM/ANO - R$ 367,50 - Inclui 1 coleta a cada 3 meses dos 4 tambores de 200 litros identificados por tipo de resíduo ou recipientes similares + 1 lavagem por ano das caixas separadoras de água e óleo e o descarte de até 2.000 litros de resíduos provenientes da lavagem.
COLETA KIT MINI – SEM LAVAGEM - R$ 164,00 - Inclui 1 coleta por mês de 1 big bag com liner (embalagens plásticas com com capacidade para 60 litros com válvula para carga e descarga e suporte metálico), identificado por ‘resíduos contaminados com óleo”. Convênio inclui coleta, transporte e destinação das embalagens com óleo, filtros, estopas/ panos e EPI´s usados.
Limpeza de cx separadora / Kit Mini - R$1.500,00 - Inclui uma limpeza até 2 m³ e 200 kg de borra/terra.
 

Benefícios obrigatórios
O seguro de vida em grupo contratado pelo Resan cumpre todas as cláusulas do acordo coletivo de trabalho. Pelo seguro individual, por exemplo, não é possível calcular a cobertura em dobro para o caso de morte acidental e nem há o serviço de reembolso funeral. Atualmente, a Costa Mar corretora cobra R$ 10,20 por vida.
Já na cesta básica, o contrato com a Tupy garante a menor cotação para a compra coletiva (R$ 120,50 em janeiro, com sete dias para pagamento). Quanto ao vale-refeição, o benefício para os associados é a isenção da taxa administrativa, que varia entre 2,5% e 3%.

Cursos e treinamentos
Ao matricular, em 2016, dez frentistas no curso da NR-20, um posto santista teve uma despesa extra de R$ 1.460,00 com os treinamentos obrigatórios. Se o revendedor não for sócio do Resan, a despesa será de R$ 2.200,00. 
Levando em consideração que ele já paga R$ 390,00 de PPRA e mais R$ 7,50 de PCMSO por funcionário (por mês), o gasto anual com esses dez empregados é de R$ 2.750,00 apenas no que se refere às três obrigações trabalhistas citadas. Os não sócios desembolsarão pelos mesmos três serviços 33,8% a mais (R$ 3.682,000).

Saúde ocupacional
Na área de saúde ocupacional, o convênio com a Labormed oferece ao associado condições exclusivas para o cumprimento das regras exigidas pelo Ministério do Trabalho, tais como: Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PCMSO). Por mês, o associado paga R$ 7,50 por funcionário. 

Demais categorias também têm benefícios
As demais categorias que integram o quadro associativo do Resan – lojas de conveniência, estacionamento, lava-rápido e troca de óleo – também se beneficiam dos serviços e consultorias destinados aos sócios. A mensalidade para estes segmentos é menor do que o de postos em função até das exigências ambientais e trabalhistas a que o revendedor de combustíveis está submetido e que demanda muito mais serviços do Resan. A mensalidade para estacionamento, lava-rápido e troca de óleo é de R$ 205, enquanto lojas de conveniência pagam R$ 265. Lojas de proprietários de postos com CNPJ diferentes, mas que atuem no mesmo segmento, tem 40% de desconto na mensalidade, que passa a ser de R$ 159.

Tabela de serviços
Valores 2016

Sócios
PCMSO (10 funcionários / ano) 
R$ 750,00
NR-20 (1 funcionário por mês) 
R$ 146,00
Cipa (1 funcionário) 
R$ 130,00
Cesta básica (10 funcionários) 
R$ 1.205,00
Total: R$ 2.231,00

Não sócios
PCMSO (10 funcionários / ano) 
R$ 975,00 (+30%)
NR-20 (1 funcionário por mês) 
R$ 220,00  (+50%)
Cipa (1 funcionário) 
R$ 205,00  (+57%)
Cesta básica (10 funcionários) 
R$ 1.500,00  (+11%)
Total: R$ 3.600,00 (51,5%+)


Comentários

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas