Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, e de Lojas de Conveniência, e de Empresas de Lava-Rápido e de Empresas de Estacionamento de Santos e Região – Sindicombustíveis Resan.

Na Petrobras, lucro de exploração e produção sobe 190% no trimestre

7 NOV 2018

Fonte: Valor Econômico

A área de exploração e produção (E&P) da Petrobras fechou o terceiro trimestre com lucro de R$ 12,334 bilhões, uma alta de 190% ante igual período do ano passado.

Entre julho e setembro, a produção de óleo e LGN no Brasil foi de 2,014 milhões de barris/dia, queda de 8,32% ante o terceiro trimestre de 2017.

Já a área de abastecimento fechou o terceiro trimestre com lucro de R$ 3,41 bilhões, um avanço de 29% na comparação com o terceiro trimestre de 2017.

Entre julho e setembro deste ano, a produção de derivados no Brasil foi de 1,801 milhão de barris por dia, uma alta de 0,22% ante igual período do ano passado.

A área de gás e energia, por sua vez, fechou o terceiro trimestre com prejuízo de R$ 808 milhões, ante lucro de R$ 665 milhões no terceiro trimestre do ano passado.

Extração

O custo de extração (lifting cost) de petróleo da Petrobras no Brasil, já contando as participações governamentais, subiu 24,3% no terceiro trimestre ante igual período do ano passado, para US$ 25,84 por barril.

Já o custo de extração no país sem as participações governamentais caiu 4,8%% no terceiro trimestre na comparação com o período entre julho e setembro do ano passado, para US$ 11,17 por barril.

Importação de óleo e derivados

A importação de petróleo e derivados pela Petrobras subiu 30,6% no terceiro trimestre do ano, na comparação com igual período de 2017, para 439 mil barris por dia.

Já a exportação de petróleo e derivados pela companhia caiu 26,1% no terceiro trimestre, frente ao período julho-setembro do ano passado, para 511 mil barris por dia.

O volume de venda de derivados pela estatal cresceu 2,9% no terceiro trimestre, ante igual período do ano passado, para 1,941 milhão de barris por dia.

A empresa informou ainda que o custo do refino no Brasil caiu 23% no terceiro trimestre, na comparação com igual período do ano passado, para US$ 2,27 por barril.