Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, e de Lojas de Conveniência, e de Empresas de Lava-Rápido e de Empresas de Estacionamento de Santos e Região – Sindicombustíveis Resan.

Ultrapar tem resultado acima do esperado no 2º tri, impulsionada por Ipiranga

4 AGO 2022

Fonte: Folha de S. Paulo

A Ultrapar teve lucro líquido de R$ 460 milhões no segundo trimestre, praticamente em linha com o desempenho dos três primeiros meses do ano e revertendo resultado negativo de um ano antes, impulsionada pela unidade de postos de combustíveis Ipiranga.

A companhia teve um resultado operacional medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recorrente de R$ 1,12 bilhão de abril ao fim de junho, 45% acima do obtido um ano antes. Analistas, em média, esperavam um Ebitda de R$ 992,3 milhões para o grupo no período, segundo dados da Refinitiv.

O lucro veio mesmo com um aumento nas despesas financeiras de R$ 50 milhões no segundo trimestre do ano passado para 510 milhões no mesmo período deste ano.

O faturamento cresceu 31%, a R$ 37,4 bilhões, sobre o segundo trimestre de 2021, ante expectativa média do mercado de R$ 37,8 bilhões, segundo dados da Refinitiv.

A empresa afirmou que o Ebitda recorrente da Ipiranga disparou 157% ante o segundo trimestre do ano passado, para R$ 754 milhões, impulsionado por margens melhores e maior volume de vendas, que subiu 1% na comparação anual e 5% ante o primeiro trimestre.

A receita líquida da Ipiranga avançou 41% sobre o segundo trimestre do ano passado, para R$ 33,7 bilhões, "devido aos repasses dos aumentos de custo dos produtos derivados de petróleo e do etanol". Ante os três primeiros meses do ano, o faturamento da rede cresceu 18%.

A Ultrapar terminou junho com uma alavancagem de 2,2 vezes ante 2,8 vezes no fim do primeiro semestre do ano passado. A dívida líquida recuou no período de R$ 10,9 bilhões para R$ 8,2 bilhões.