Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, e de Lojas de Conveniência, e de Empresas de Lava-Rápido e de Empresas de Estacionamento de Santos e Região – Sindicombustíveis Resan.

Ilha Comprida libera praias, hotéis e comércio com restrições

16 JUL 2020

Fonte: Portal da Cidade Registro

O prefeito Geraldino Júnior assinou na tarde da última terça-feira, dia 14, o Decreto 1008/2020 que liberou o acesso dos proprietários de imóveis mediante preenchimento prévio de Formulário de Acesso (disponível no www.ilhacomprida.sp.gov.br), assinatura dos termos de responsabilidade e entrega da documentação na barreira sanitária. O Decreto não limita a permanência dos proprietários e não determina datas de entrada.

O Decreto também libera as praias para a prática de atividades físicas individuais, regulamenta a abertura do comércio e flexibiliza o setor hoteleiro que poderá receber hóspedes mediante pré-reserva e voucher. Entrada de vans e ônibus de excursão está proibida com controle na barreira sanitária 24h, que permanece na entrada da cidade.

Todos os setores regulamentados contam com protocolos específicos de retomada que devem ser seguidos para garantir o controle da disseminação do vírus no município. É obrigatório o uso de máscaras e os cuidados com a higiene e o distanciamento social , com a recomendação de só se sair de casa quando necessário.

O prefeito Geraldino Júnior afirmou que o município  continuará a seguir as regras do Plano SP de prevenção ao Covid e, a qualquer alteração de fases, haverá mudanças no Decreto Municipal. Localizada na região de Registro, a Ilha saltou duas fases na última sexta : da fase vermelha – de alerta máximo para a doença – para a fase Amarela- de flexibilização. “Estamos seguindo as determinações governamentais, sempre com muito critério e cuidado para o controle da doença e a preservação de vidas”, explicou.

 

O Decreto 1008 e protocolos estão disponíveis no www.ilhacomprida.sp.gov.br.